Caixa Separadora Óleo-Água OWS-10

Caixa Separadora Óleo-Água OWS-10

com vazão máxima de 2270 l/h

Áreas: Investigação e Remediação Sistemas de Remediação

Aplicações: Energia Engenharia e Projetos Especiais Indústria Alimentícia Mineração e Siderurgia Óleo e Gás Papel e Celulose Química e Petroquímica Saneamento

Marca: CLEAN ENVIRONMENT BRASIL

As caixas separadoras OWS da Clean Environment Brasil incorporam os mais modernos conceitos de performance, robustez e segurança do mercado.


Construídas seguindo normas do American Petroleum Institute, as OWS são projetadas para uma alta eficiência na separação de misturas de óleo e água quando o óleo apresenta-se em fase livre, ou seja, não dissolvido ou emulsificado na água.


As OWS fabricadas em chapas de aço-carbono revestida com pintura epóxi, são as caixas separadoras mais robustas, seguras e resistentes do mercado, equipando centenas de projetos no Brasil e exterior.


Sua exclusiva mídia coalescente permite a rápida aglutinação das partículas de óleo. Ao contrário das caixas separadoras convencionais com placas fixas que diminuem sua performance ao longo do tempo devido ao acúmulo de sedimentos e materiais biológicos, a mídia coalescente das OWS é facilmente removível, bastando lavá-las com água pressurizada para voltarem a ter sua melhor performance.


Um outro grande diferencial das OWS Clean é seu design vertical, permitindo que sejam instaladas em locais de espaço limitado, dispensando muitas vezes projetos de alvenaria.

A altura da saída do óleo foi especialmente projetada para que o mesmo seja transferido por gravidade para tambores de 200 litros, facilitando o manuseio e transporte do óleo a ser descartado ou reciclado.

  •  Vazão máxima 2270 l/h (37,8 l/min)
  • Altura 1470 mm
  • Largura 980 mm
  • Comprimento 1070 mm
  • Peso 230 kg


Construção

  • Aço carbono com revestimento em epóxi
  • Mídia coalescente de aglomerado sintético resistente a hidrocarbonetos de petróleo
  • Parâmetros


Tempo mínimo de residência 20 minutos

  • Densidade do hidrocarboneto < 0,90 g/cm³
  • Concentração máxima na saída de 10 mg/l para partículas de óleos e graxas com 40 µm ou mais